pfSense criar regras de firewall – 02 – Curso Completo

Tempo de leitura: 2 minutos

Seja bem vindo a essa vídeo aula onde vamos continuar a criar regras de firewall no pfSense. Se quer aprender bem mais, não fique somente nessa aula, conheça a nossa playlist. Usamos nessa vídeo a versão 2.3,  no entanto o conhecimento é aplicado para outras versões.

Se gosta do nosso material, não perca tempo e inscreva-se no nosso canal.

Nesta vídeo aula vamos remover a política permissiva e implantar uma política restritiva, onde tudo é bloqueado a não ser o que for explicitamente permitido através de regras de firewall. 

Após implantarmos a política restritiva não é possível acessar qualquer coisar a partir do pfSense, então para permitir acesso a websites vamos criar regras que permitam acesso a porta 80 (http), 443(https) e 53(DNS).

Para os protocolos http e https vamos definir na regra que ele utiliza o protocolo TCP para transporte. Essa regra permitindo acesso a qualquer destino, desde que a origem seja a rede interna (LAN).

Para o DNS iremos indicar o protocolo de transporte será o UDP. Se não fizermos dessa maneira não irá funcionar.

Para você recordar, DNS é aquele serviço onde você passa para um nome, por exemplo um site, www.cavalcantetreinamentos.com.br, ele te devolver um endereço IP. Dessa forma, é importante liberar este acesso.

Por fim, vamos criar um alias (apelido) para um host (endereço) da unicamp e vamos também criar uma regra que permita acesso ao ftp(21) deste host.

Podemos também definir que queremos registrar (logar) os acessos.

Algo que geralmente esquecemos quando estamos criando regras  é de aplicar e salvar as mudanças. Lembre disso e evite muita dor de cabeça. 

Caso você ainda não saiba  como realizar a instalação do pfSense veja o nosso primeiro post sobre o assunto. É um vídeo bem completo que trata a instalação passo-a-passo, comece por esse.

Vou te pedir um favor, ajude a promover o nosso canal compartilhando o vídeo com seus amigos.

Não perca tempo!! Mãos a obra, assista quantas vezes for necessário.

Abraços e Sucesso,
Prof: Cavalcante

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *